Press "Enter" to skip to content

Tag: geisy

Inversão de valores

 

 

Há algumas semanas, uma acadêmica de uma grande universidade brasileira comparece à aula em trajes não muito convencionais… Pelo menos é o que se espera de uma universidade… Causa o maior tumulto, aparece na mídia, é expulsa e readmitida pela direção acadêmica e por fim, fica famosa… Já perdi a conta de quantas entrevistas já vi com esta criatura na televisão… Convidam-na para pousar nua… apesar de declarar não ter aceito ainda… Dá uma ajeitada no visual, certamente sob algum patrocínio… Enfim, torna-se uma celebridade, arranja amigos e inimigos, dá autógrafos e muitas pessoas disputam lugar a seu lado para fazer uma foto de lembrança…

Fonte: www.google.com.br
Fonte: www.google.com.br
 

Dia desses resolvi analisar meu comportamento como profissional e eterno aprendiz que sou… Analisei minhas atitudes, minhas palavras, minha vestimenta… Concluí que está tudo errado ou comigo ou com o resto do mundo…

 

 

 

 

Por acaso alguém sabe quem é o melhor aluno desta universidade?… Pois é! Eu também não… Acaso alguém teve preocupação em divulgar isso?… Interpretação a gosto do consumidor… Por aí podemos traçar padrões de valores da nossa sociedade de hoje…

Pois bem, há cinco anos que escrevo crônicas… Já produzi um romance e pedi patrocínio para a publicação… Não consegui sequer uma resposta positiva das pessoas que consultei e poderiam ajudar a cultura e a arte em nosso município. Inscrevi-me no projeto Antologia Delicatta da livraria Cultura de São Paulo, tive três textos selecionados para compor o livro, novamente busquei apoio dos empresários de Caçador. Ouvi respostas do tipo: Não temos verba… Estamos empenhados em outros projetos… O responsável por este setor não se encontra… blá…blá… blá…

Porém, três empresas apoiaram minha modesta obra, duas delas preferem não se identificar, além de algumas pessoas físicas, que também escolheram o anonimato… Consegui ajuda, mas muitas outras empresas e instituições prometeram e não cumpriram, me deixando a espera do apoio que não veio…

Na verdade não pretendo fazer uma queixa egoísta, porque sei que muitos outros escritores e artistas também passam por todo este desgaste para conseguir apoio na sua obra, afinal, as empresas ajudam se levarem alguma vantagem, como sempre… É assim no capitalismo, quem já tem de sobra, sempre quer mais…

Estamos, portanto diante de uma inversão de valores… Será preciso eu ir trabalhar só de cuecas para ser visto e lembrado?… No Brasil, aqueles que têm boas intenções só aparecem quando resvalam na moral, ou quando realmente não têm os melhores propósitos. Enquanto isso, o reconhecimento sorri para alguém que propositadamente chama a atenção fazendo de tudo, menos o que é primordial em uma universidade: estudar… E o conhecimento?… E o reconhecimento?… Continuam irreconhecíveis a olho nu.

Márcio Roberto Goes

www.cacador.net

www.portalcacador.com.br

Jornal Informe da tarde – O diário Regional

Leave a Comment