Aperte "Enter" para pular para o conteúdo

Saber não saber

 

(Parafraseando Alcides Buss)

 

Sabemos que urge a necessidade de melhorias na escola pública estadual… Não sabemos, porém que estas melhorias devem ser na qualidade de ensino, não apenas nas edificações lindas, porém com estrutura precária e vazias, construídas para apresentar uma educação de vitrine e iludir o povo…

Sabemos que fomos iludidos por promessas vãs proferidas por excelentíssimos que, nem sempre têm a verdadeira intenção de ajudar o povo a resolver seus problemas mais básicos e arcaicos… Não sabemos, porém deixar de votar naqueles que continuam desviando verba pública e rindo da nossa cara a cada pleito conquistado…

Sabemos que o projeto “Encontro Marcado” é algo altamente proveitoso para professores e alunos que têm a oportunidade ímpar de trocar ideias com escritores catarinenses “ao vivo e em cores”… Não sabemos, porém, que nossos alunos mobilizam-se da melhor forma possível para acompanhar e contextualizar as obras de cada escritor convidado, mesmo não tendo seus trabalhos expostos no dia do evento…

Sabemos que nossos jovens vibram com o uso das tecnologias e produzem vídeos em homenagem ao escritor… Não sabemos, porém que imprevistos acontecem e que, ocasionalmente, o arquivo pode não abrir em qualquer computador, visto que a obsolescência exige que cada versão mate a anterior…

Sabemos que todo esforço é válido na busca do conhecimento e da melhor qualidade na educação… Não sabemos, porém, valorizar esse esforço com a motivação necessária e merecida, mesmo quando nem tudo acaba bem…

Sabemos que o Wandão é a única escola que participou de todas as edições do “Encontro Marcado”, desde a primeira, quando ainda era extensão do Irmão Leo… Não sabemos porém, incluir o nome: “Wanda Krieger Gomes” nas imagens do evento do ano passado, quando Fábio Brugemann esteve presente no maior evento deste educandário, mobilizando toda a escola e a comunidade…

Sabemos deste acontecimento, sabemos que o escritor esteve lá… Não sabemos, no entanto destacar este fato no vídeo de apresentação, restringindo-se apenas a três ou quatro fotos misturadas com as de outra escola…

Sabemos que a presença de um escritor em nossa cidade é um acontecimento histórico e edificante para alunos, professores e todos aqueles que amam a cultura e as artes… Não sabemos, porém, dar o devido destaque nos órgãos de imprensa nem nas próprias escolas envolvidas…

Sabemos que Alcides Buss, convidado deste ano, é um poeta que gosta de ser chamado simplesmente de “escritor” e escreve por amor às letras… Não sabemos, porém ser leitores que retribuem este amor quando não deixamos os outros retribuírem da forma como prepararam, sem máscaras, ou retoques…

Sabemos que somos escola pública, porém não sabemos ser escola, tampouco pública… Sabemos que projetos coletivos trazem muito mais resultados que as cadeiras individualistas de chapa de compensado da sala de aula… Entretanto, não sabemos fazer projeto, nem sabemos ser coletivo…

Sabemos que nosso aluno produz música a partir da poesia… Não sabemos, porém o que é cantar um poema, não sabemos, nem mesmo quem é nosso aluno…

Sabemos que somos gente e as pessoas ao nosso redor também, porém não sabemos quem somos nem sabemos quem são aqueles que nos rodeiam… Não sabemos ser gente…

Márcio Roberto Goes

www.cacador.net

www.portalcacador.com.br

Jornal Informe – O diário Regional

jornalinformediario@blogspot.com

Seja o/a primeiro/a a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *