Aperte "Enter" para pular para o conteúdo

Plano de aula da depressão

Atividade: Produzir uma dissertação argumentativa objetiva.

Tema: Atual conjuntura política no Brasil.

Peraí… Não posso pedir isso aos alunos de ensino médio. Vão dizer que sou esquerdopata, petralha, que sou contra privatização, que acho que foi golpe, que defendo bandido, que isso que aquilo…

Mudança de plano… Novo tema: A influência dos movimentos LGBT na construção da democracia…

Não… Não dá… Dirão que sou homofóbico, que não respeito as diferenças, ou dirão que sou gay enrustido… Não sou… Mas se eu fosse, qual o problema?… Diriam que eu seria uma má influência, que estaria contribuindo para a destruição das famílias dos alunos… Que isso, que aquilo…

Bem… Vamos lá… Mudança de plano novamente: Análise sobre o posicionamento da Igreja diante da intervenção militar… Meu Deus!… Seria o caos na educação: Diriam que eu estou tentando converter os alunos para a minha religião, que sou, contra, ou a favor da intervenção militar, que defendo bandido, que adoro imagens, que sou papa-hóstias, que apoio o comércio das igrejas evangélicas e católica, que discrimino outras religiões, que Oxum, Maomé e Buda vão me castigar… que isso… que aquilo…

Pois bem… Preciso trabalhar argumentação com meus alunos… Vou usar o clipe do Gabriel o Pensador, com a música: “Quem é você”. Servirá de motivação para eles formarem uma opinião e, então argumentarem sobre… Nãããããoooo… Não dá… Vão dizer que sou contra o sistema, que falo mal do governo, que quero doutrinar os alunos… Que isso, que aquilo…

E agora… Preciso ajudá-los a argumentar, afinal vão precisar disso na vida acadêmica, no vestibular, nos concursos e processos seletivos. Além de ajudá-los a raciocinar e não publicarem porcarias no facebook… Mas que tema propor? Tudo leva a uma reflexão… Tudo leva a pensar… E aqueles que estão na cadeira de quem pensa que manda, não querem que o povo pense… Mesmo assim preciso ajudá-los a raciocinar…

Um bom tema, seria sobre o assassinato da vereadora no Rio de Janeiro… Pera lá… Vão dizer, novamente que sou petralha, esquerdopata, comunista, ou pior, que sou contra a polícia, a favor de bandidos, que isso, que aquilo… Dirão tudo isso, repetindo como papagaios aquilo que alguém divulgou, sem averiguar os fatos…

E agora… O que fazer?… Acho que vou deixar tema livre… Não dá… Diriam que não sei dar aulas, que não estou preparado, que sou matão, vadio, preguiçoso, grevista, arruaceiro… Além do mais, eles ainda não estão preparados para argumentar sozinhos… Precisam de ajuda… O professor poderia ajudá-los, mas não pode, pois qualquer tema que proponha, será julgado como parcial, petralha, ou coxinha, comunista, ou golpista…

Bem… Para não deixar um planejamento em branco, pode-se propor o seguinte: “A influência da propagação acústica amplificada do vaso sanitário na convivência humana”… Gostei desse tema. Totalmente imparcial. Vão me chamar de retardado, mas ainda é melhor do que todos os outros possíveis xingamentos daqueles que acham que entendem de educação e se acham no direito de dizer o que se deve trabalhar em sala de aula…

É… Parece que estamos vivendo uma ditadura, não a civil, militar, comunista, ou capitalista… E sim, a pior de todas: A ditadura da falta de conhecimento… A ditadura da insanidade programada… Querem calar nossa voz… Agindo assim, calam também a voz das novas gerações, tornando mais fácil a dominação pelo poder…

Márcio Roberto Goes

www.marciogoes.com.br

2 Comments

  1. Angela
    Angela 18 de Março de 2018

    Parabéns pelo texto! Adorei!

  2. Angelita Henning
    Angelita Henning 17 de Março de 2018

    O mundo está muito chato de viver … hoje não se pode nem pensar que tudo é perseguição ou racismo ou machismo ou qual quer outro ISMO ou FOBIA.Expor sua visão do mundo muitas vezes não prejudica o mundo o ruim é quando tu junta seu pensamento com os que pensam igual a ti.Daí que tudo vira merda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *