Aperte "Enter" para pular para o conteúdo

Novas ideias

reforma-001a 2009 chegou… Sabemos que a substituição de um dígito no calendário, não significa uma mudança brusca em nossas vidas, mas a retirada e a alteração de alguns caracteres na escrita padrão de nossa Língua implica em uma mudança considerável e um incrível exercício para nosso cérebro que deverá acostumar-se com a ideia de produzir ideias sem o acento agudo no ditongo. O mesmo acontece com a pobrezinha da jiboia que agora está mutilada sem o rabinho em cima da letra “O”…
 Oh céus!… Quanta mudança… Ainda bem que o céu não mudou, continua azul e com acento, mas com o tal aquecimento global, para contemplá-lo, só usando chapéu, que continua assim mesmo, com abas em todos os lados e um acento bem agudo no centro da última sílaba: Privilégio deles que são oxítonos, e ainda por cima ditongos abertos….
 “Peraí!”… Mas a ideia e a jiboia também são abertas… Por que então precisam ser mutiladas?… Só porque são pobres e miseráveis paroxítonas?… Só porque abriram o ditongo na segunda sílaba de trás para frente?… Isso está me parecendo uma paranoia da gramática contra as penúltimas: pura discriminação!… Até mesmo o povo heroico do Hino Nacional perdeu a espada de cima do “O”…
 Não é justo! Vamos convocar uma assembleia (sem acento mesmo) extraordinária (que continua elitizando o acento agudo para as paroxítonas terminadas em ditongo) e deliberar sobre os cortes na acentuação gráfica da Língua Portuguesa… É preciso reunir os papéis (que ainda não foram demitidos da lista dos acentuados) e documentar as reivindicações de uma classe que não foi poupada pela crise da distribuição dos acentos…
 Não podemos esperar mais! Se perdermos tempo, estas pobres palavras poderão ser sepultadas junto com o trema, que nunca fez nada, mesmo assim foi executado cruelmente…
 Mas a luta continua: os ditongos tônicos e abertos das paroxítonas perderam o acento, mas não perderam e jamais perderão a pronúncia e o sentido, pois o bom e velho Português continua belo e versátil…

Professor Márcio Roberto Goes
Professora Marlise Aparecida Recalcate
Suely Miozzo Escher

10ª GERED

Escola Estadual de Educação Básica

Professora Wanda Krieger Gomes

Caçador – SC

Seja o/a primeiro/a a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *