Press "Enter" to skip to content

FELIZ ANIVERSÁRIO


25/04/2007
CAÇADOR ONLINE
28/04/2007
JORNAL INFORME

Os diletos e amados leitores devem se recordar de algumas publicações minhas no ano passado falando de um personagem vilão perigosíssimo, frio e desumano: trata-se de um predador urbano, chamado Buracossaulo-rex: o mais terrível vilão urbano de todos os tempos, que ataca de surpresa, sem dó nem piedade, qualquer veículo automotivo que se aproxime, danificando pneus e suspensões, além de virar o pé de todo pedestre que ouse aproximar-se distraído sem aviso prévio, principalmente em dias de chuva, quando nosso antagonista é camuflado pela enxurrada.

Pois bem… dia desses, ao folhear o Informe, encontro notícias de um de nossos amiguinhos craterácios que firmou residência no bairro Berger, cresceu e multiplicou-se como coelhos… Participava de uma festa… Mas não era qualquer festa… Era a festa de seu aniversário de um aninho! … Ai que bonitinho!!!… Quase chorei!.. (de tanto rir…)… É uma emoção inenarrável, uma experiência ímpar… Uma comemoração digna de fazer parte da coluna da Anne, com direito a fotos de celebridades presentes e tudo…
Visitando o site Caçador online, vislumbrei as imagens do evento: Meu Deus, que coisa linda!… Toda uma população comemorando o aniversário de um amigo íntimo que não sai do pé (e dos pneus) de seus habitantes. Toda uma comunidade mobilizada para celebrar o descaso, com bom humor, acreditando “nas flores em vez do canhão”… Há! Se Geraldo Vandré estivesse presente, certamente iria cantar com emoção sua canção mais famosa e revolucionária em homenagem ao buracossaulo mais querido do “Bergão”… E o melhor de tudo é que nosso amiguinho medindo quase meio metro de profundidade e cerca de cinco de comprimento, foi aclamado com “Parabéns a você”, bolo, suco, nariz de palhaço (bem sugestivo, inclusive) e tudo mais que qualquer festa de aniversário tem direito, afinal, esse buraco de rua tornou-se patrimônio, segundo o presidente da associação do bairro.
Depois da chegada deste predador, a rua Manoel de Souza Santos, nunca mais foi a mesma… Tornou-se altamente surpreendente: os carros e os pedestres que passam por lá diariamente, sempre levam uma lembrancinha desagradável (inclusive para o bolso): Uma torção, um para-choques, um pneu ou um amortecedor que devem ser substituídos antes do vencimento… tudo isso contabilizou para a importância do evento. Afinal, há um ano que esta criaturinha miserável, desagradável e antipática reside naquela curva, portanto, é uma data que deve ser comemorada com uma festa para ficar na história… E parece que ficou!…
Só me senti muito magoado por não estar na lista de convidados… Bem!… Pensando melhor, não tenho o privilégio de morar nas redondezas, por isso furto-me do direito de comparecer, afinal, a festa, pelo que me consta era só para os íntimos (ou vítimas) do buraco. Além do mais, nem as autoridades foram convidadas, imagina um “oreia ceca” como eu!
De qualquer forma, queridinho Buraco , aceite, mesmo atrasado os meus parabéns e o desejo de uma vida muito curta!… Tenho esperança de, em breve participar da sua missa de sétimo dia, e lembrar saudosamente do buraquinho marcante que foste na vida dos cidadãos daquele bairro. Sei que deixaste muitos descendentes espalhados por toda a periferia da cidade, e a estes, também desejo a mesmíssima sorte!

Márcio Roberto Goes

Felicitações!!!

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *