Aperte "Enter" para pular para o conteúdo

Agradecimento aos rebeldes

 

 

Todos que me conhecem sabem dos ideais que defendo, sabem da minha filiação partidária e do que penso sobre os governos que nos rodeiam. Demorei, mas resolvi expressar aqui minha opinião sobre os atuais acontecimentos do nosso país, porém, como cidadão brasileiro, independente de siglas partidárias, ou seja, escreverei a seguir como povo, que de fato sou, antes de tudo:

Em primeiro lugar, sobre a greve dos caminhoneiros: A greve é legítima. É um direito de todo trabalhador lutar por melhores condições de trabalho. E ponto final… O governo também está fazendo sua parte, defendendo seus ideais, tentando manter e ampliar o que já foi construído. E ponto final de novo…

Agora, querido leitor e querida leitora, que já libertei vossa mente das tendências, vou expressar o que sinto como cidadão…

Não penso que a solução seja derrubar a presidenta, pois se assim fosse, o Brasil seria um paraíso desde a impugnação de Fernando Collor de Mello. O que a mídia não mostra é que existem muitos outros interesse por tás deste movimento e em nenhum deles o povo é contemplado. Não estou dizendo aqui que o Brasil está perfeito com esse governo, mas deve ser respeitada a vontade da maioria que o elegeu e todos… TODOS… Temos a obrigação de fiscalizar e lutar por um país melhor…

Tivemos a oportunidade, nas últimas eleições, de renovar a câmara e o senado que de fato votam e aprovam as leis. Porém, não o fizemos. Continuam os mesmos macacos velhos por lá, salvo algumas exceções. Tantos outros candidatos que defendiam os interesses do povo ficaram para trás. A partir daí, fica extremamente difícil governar e agradar a todos, ou pelo menos, a maioria…

Além do mais, a maioria que defende o movimento “Fora Dilma”, quando questionada sequer sabe argumentar, ou seja, tá na cara que só tá seguindo a modinha… Repito, escrevo como cidadão que está vivendo esta realidade na pele.

Nasci no auge da ditadura, mas não tinha noção do que isso significava. Muito depois tive conhecimento que aconteciam torturas e assassinatos na surdina, nos famosos porões da ditadura. Alguém me argumentava que, naquele tempo, só eram torturados e mortos os rebeldes, os cidadãos de bem eram preservados… Pois eu agradeço aos “rebeldes” por hoje ter a liberdade de poder publicar estas palavras… Agradeço aos rebeldes por hoje termos o direito a greve… Por fim, agradeço aos rebeldes pelo direito à livre manifestação…

E peço àqueles que defendem o caos que respeitem minha opinião e minha livre manifestação como cidadão brasileiro…

Mais uma vez, obrigado aos rebeldes que fizeram história, não se deixaram derrotar pela tirania e nos permitiram ser este povo livre que somos hoje, tendo liberdade, inclusive, de pedir a impugnação da primeira mulher eleita e reeleita presidente deste país…

Quem está certo? Só o tempo dirá…

Márcio Roberto Goes

www.radioativacacador.com.br

www.portalcacador.com.br

www.cacador.net

 

Seja o/a primeiro/a a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *