Press "Enter" to skip to content

Mês: janeiro 2010

Lula lá

Em 1989, eu ainda não tinha idade suficiente para votar, mas lembro-me nitidamente da campanha eleitoral para presidente, depois de vinte e quatro anos de repressão militar e de um presidente eleito indiretamente que morreu sem poder tomar posse… Assume então o vice, José Sarney, que, diga-se de passagem, nunca mais saiu do governo, mas isso é papo para outro momento…

Leave a Comment

Eu já tentei

 
Eu tentei assistir ao BBB sem ter motivos para falar mal depois… Não consegui… Busquei entender o que se passa na cabeça de quinze desocupados que se submetem à clausura vigiada (e nada santa) em nome de um milhão e meio de reais… Motivo suficiente para roubar, enganar, mentir, jogar… Tudo isso, diante de milhões de telespectadores que se submetem à alienação do reinado da poderosa do “Plim!Plim!”, votando nos componentes do zoológico humano, gastando seu rico dinheirinho em ligações e pagando o prêmio do feliz ganhador, que além da grana, leva para casa o troféu moral da bestialidade humana do século vinte e um…

1 Comment

Meus amigos virtuais

Fonte: www.alienado.net/como-fazer-amigos-virtuais
Fonte: www.alienado.net/como-fazer-amigos-virtuais

 

Navegando pela Internet, como me ocorre de vez em quando, uma dúvida assolou meu cérebro irrequieto e curioso. Qual será o grande barato destes sítios de relacionamento? (Parece estranho, mas prefiro assim mesmo, em Português: sítio, em vez de site)… Por que uma pessoa expõe sua vida, deixando claras suas características e sua personalidade através de fotos, descrição de perfis e comunidades virtuais?

O ser humano é originalmente social, precisa viver em comunidade, relacionando-se com seus semelhantes, pena que estas relações, por vezes não são pacíficas… Provavelmente, estas característica foram remetidas para o mundo virtual, portanto, estamos diante da versão cibernética do relacionamento humano, com um detalhe: não existe olho no olho, abraço, carinho… Só palavras, que podem ser digitadas sem compromisso com a ética, ou com a reação imediata do interlocutor…

Apesar de ser a cópia da vida real, os sítios de relacionamento não conseguem melhorar as relações humanas, pois aproximam as distâncias, mas distanciam as proximidades. Quase ninguém mais recebe correspondências de próprio punho em datas especiais, só se vê cartões virtuais padronizados, enviados com um clic… Isso mesmo, pouquíssimas pessoas reservam um tempo para escrever palavras originais num cartão personalizado com um envelope caprichado a fim de presentear uma pessoa especial numa data especial… Ou seja, a maioria dos seres humanos tornou-se virtual, não reserva tempo para pensar e escrever o que realmente sente, ou o que realmente deseja para alguém marcante em sua vida…

Tenho dois perfis no Orkut, um deles já alcançou o limite máximo de mil amigos, o que me obrigou a criar um novo perfil. Quase todo dia recebo mensagens, porém poucas me revelam sinceridade. A maioria delas remete a alguma corrente imbecil que se eu quebrá-la, alguma coisa de mal vai me acontecer… Incrível! Acho que sou uma exceção, pois sempre apago todas as mensagens deste tipo sem encaminhá-las e até hoje não tive os sete anos de azar nem perdi nada que a corrente prometeu, só a chance de ter meu perfil copiado por algum pirata virtual que usá-lo-á para fins, não muito éticos…

Pois bem, fiz aniversário em dezembro e resolvi testar a qualidade da relação com meus amigos virtuais… Daquele perfil com mil amigos, tive cento e quarenta mensagens de felicitações por esta data tão importante, o que pelos meus cálculos, corresponde a catorze por cento dos meus amigos que clicaram em meu perfil na lista dos aniversariantes. Computando somente as mensagens originais, ou seja, aquelas em que meus amigos usaram o coração e o teclado em vez do ratinho ao lado do computador para clicar em uma mensagem pronta e enviar, este número baixa para quarenta e três, 4,3 por cento… Destes, além do recado no orkut, três pessoas me mandaram SMS, duas me ligaram e uma veio pessoalmente me dar um abraço… Quero deixar claro que não estou contando aqui aqueles amigos que encontrei por acaso, os familiares, alunos e os colegas de trabalho que inevitavelmente me encontraram durante o dia… A pessoa em questão se deslocou exclusivamente para me desejar felicidades com um abraço de “parabéns”… Lógico que o deslocamento não prova a verdadeira amizade, mas é uma grande pista dela…

Concluo que, de mil amigos virtuais, tenho só um físico e real que estará a meu lado em qualquer circunstância. Um resultado lastimável que reflete a realidade das relações humanas difundidas pela tal globalização que nos permite interagir com o planeta inteiro em tempo real, porém 0,1 por cento cultiva a verdadeira amizade, tão escassa na vida moderna…

 

Márcio Roberto Goes

www.marciogoes.com.br

 

2 Comments

Ao Cristiano

not_454a6185251cdddfcaed33e9a0adc56e

Nos dias atuais, não é fácil ser Católico Apostólico Romano e assumir verdadeiramente a fé… Existem muitas provações e influências de outras doutrinas que colocam em prova nossa fé, nos questionando constantemente sobre sua veracidade…

No contexto da Santa Igreja Católica, ser sacerdote é uma benção, é ter as mãos ungidas para o serviço na comunidade, é estar pronto e preparar os fiéis para os desafios e os questionamentos vindouros…

Ser padre é uma dádiva. Ser padre missionário é uma dádiva maior ainda. É ter a oportunidade de levar a Palavra de Deus a todos, conforme as necessidades dos povos. Mas é preciso anos de preparação para a missão. Acompanhamos parte deste processo do Padre Cristiano, quando ainda seminarista atuava em nossa paróquia. Algum tempo depois, voltou à nossa igreja como auxiliar do padre Agnaldo, cumprindo mais uma etapa na vida de um missionário Fransalesiano…

Agora, padre Cristiano, nome que vem do Latim e quer dizer Cristão, parte para mais uma missão… Vai levar a Palavra de Deus a outros povos, em outra comunidade…

Nós, da Paróquia Nossa Senhora Rainha, agradecemos por este tempo em que fomos irmãos de caminhada, e continuaremos sendo, mesmo a distância, irmãos em Cristo e que este sacerdote que tem o cristianismo até no nome, pela ação do Espírito Santo, possa perseverar nesta missão Santa de evangelizar…

Em nome de toda a comunidade agradecemos pela sua amizade, pelo trabalho realizado, pela atenção dedicada a todos indistintamente.. .

Muito obrigado por tudo.

 

Márcio Roberto Goes

Cecília Carvalho 

13/01/2010

 

Leave a Comment